Movimentos Religiosos - As Filhas de Maria
  Publicado em 2/1/2008 09:17, com 2 acessos.


A Pia União das Filhas de Maria é uma associação de moças católicas sob a proteção da Virgem Imaculada e de Santa Inês. Esta associação teve início no século XII, porém atingiu seu pleno desenvolvimento a partir de 1864 devido ao Papa Pio IX (1846-1878) ter concedido inúmeras indulgências às participantes, fazendo com que se espalhasse por vários países da Europa e das Américas.

A Pia União tem como principal função auxiliar as jovens na observância da Lei de Deus, no fiel cumprimento dos deveres cristãos e perseverança na pureza.

Esta associação existiu em nossa paróquia nas décadas de 1950 e 1960. Entre as participantes podemos citar as senhoras Catarina Braz da Silva, Jandira Braz, Gleusa Gargalhone, Umbelina Chiaradia e Maria Terezinha Siqueira.

As moças iniciavam como aspirante a partir dos 16 anos. As Filhas de Maria usavam vestidos e véus brancos e no pescoço usavam uma fita verde com a medalha de Nossa Senhora das Graças. Após a confirmação de sua participação na associação, recebiam o diploma de Filha de Maria, passavam a ser membros efetivos e a usar a fita azul.

A padroeira das Filhas de Maria era Nossa Senhora das Graças a quem prometiam ser fiel, fato sempre lembrado no canto do hino da associação cujo título era “Eu Prometi”. As participantes coroavam Nossa Senhora, rezavam o Oficio a Nossa Senhora após as missas e rezas noturnas. Participavam de encontros das Filhas de Maria da Arquidiocese de Pouso Alegre, de retiros espirituais e novenas preparatórias para o dia 8 de dezembro.

A festa anual das Filhas de Maria era realizada em todos os finais de semana do mês de maio. Era uma festa muito animada e muito esperada por todos, tanto pela parte religiosa com missa festiva quanto pela bonita e organizada festa que realizavam no pátio da igreja com diversas barraquinhas com quitutes doces e salgados e diversas brincadeiras. Estas festas eram custeadas pela arrecadação que o grupo fazia e com a renda das barraquinhas. Se sobrasse algum recurso, era utilizado nos encontros realizados em outras paróquias e em passeios.

Na Parte religiosa era marcante a cerimônia de coroação a Nossa Senhora realizada após a missa. Na parte festiva, dentre as barraquinhas, uma que sempre será lembrada é a “Barraquinha do Coelhinho” onde um coelho ficava dentro de uma casinha no centro de um círculo formado por outras casinhas que eram numeradas. Em cima de cada casinha numerada colocava-se uma prenda. Após terem vendido todos os bilhetes das casinhas, o coelhinho era solto. Ganhava o brinde o dono da casinha que o coelho entrasse primeiro. Outra brincadeira que agitava principalmente aos jovens enamorados era o serviço de alto-falante com correio sentimental (conhecido por “correio elegante”) e oferecimento de músicas. Existiam também leilões de prendas, cartuchos com doces, roscas caseiras e assados.

Tudo era preparado na “Casa da Festa” onde o grupo fazia todos os assados e doces, como beijinhos de coco, de abacaxi, cajuzinhos, queijadinhas, rocamboles, empadas e pasteis que a noite eram servidos nas barraquinhas, normalmente acompanhados de refrigerantes.

Esse trabalho era feito pelo grupo em um ambiente de muita descontração e amizade e dentre as participantes podemos citar algumas animadas jovens daquela época: Jacinta Leite, Nini Miranda, Jandira e Catarina Braz, Fia Germano, Gleusa e Bilá Chiaradia e muitas outras. A contabilidade da festa só poderia ser da saudosa e sempre eficiente Celina Cardoso.

E assim o grupo das Filhas de Maria permanecia unido, rezando, trabalhando e divertindo, sob a proteção de Nossa Senhora das Graças. Todas tiveram uma sólida formação durante a mocidade e algumas delas tornaram eficientes donas de casa e ao casarem trocaram a fita azul pela fita vermelha das Zeladoras do Sagrado Coração de Jesus.

Vejam algumas fotos históricas no álbum Filhas de Maria.


Texto enviado pela Pastoral da Terceira Idade da Paróquia de Santo Antonio




Conteúdo : História

  14/02/2018 - Geral - Campanha da Fraternidade 2018
  10/08/2017 - Eventos - 33ª Expo Piranguçu
  01/06/2017 - Geral - Festa Santo Antonio
  05/04/2017 - Geral - Semana Santa 2017 - Paróquia Piranguçu
  29/03/2017 - Geral - Visita da Imagem Peregrina
  22/02/2017 - Geral - Piranguçu - 54 anos
  22/02/2017 - Geral - Campanha da Fraternidade 2017
  09/06/2016 - Eventos - Festa do Divino Pai Eterno
  31/05/2016 - Eventos - Festa de Santo Antonio
  31/05/2016 - Eventos - Festa de São João.
  03/04/2016 - Eventos - 22ª Festa da Banana - Antunes
  16/03/2016 - Geral - Semana Santa 2016 - Paróquia Piranguçu
  14/02/2016 - Geral - Campanha da Fraternidade 2016
  14/08/2015 - Eventos - 32ª Exposição Agropecuária de Piranguçu
  07/07/2015 - Eventos - Arraiá da AAPP
  25/05/2015 - Geral - Novena e Festa de Santo Antonio
  20/04/2015 - Versos e Prosas - Pátrio Alferes
  08/04/2015 - Geral - 21ª Festa da Banana - Antunes
  30/03/2015 - Geral - Semana Santa 2015 - Piranguçu
  22/02/2015 - Geral - Piranguçu 52 Anos

»Veja +