Bairro Sobradinho
  Publicado em 18/10/2012 13:22, com 212 acessos.


Segundo relatos de antigos moradores, o bairro Sobradinho era composto por uma gleba à esquerda do Ribeirão Piranguçu, e tem este nome devido a um pequeno sobrado que existia na região, cujo local exato daquela moradia não é atualmente conhecido. Estima-se que o mais indicado seja nas proximidades com o bairro dos Martins.

O bairro surgiu alguns anos após o povoado de Piranguçu na década de 1830, sendo referenciado em antigos documentos existentes em nosso Cartório de Registro, como por exemplo:

- Recibo de Pagamento de impostos à Colletoria de Itajubá, no ano de 1881.

- Permuta de Terras registrada em 1898.

Hoje o bairro Sobradinho está delimitado entre os bairros Taquaral, Antunes, Martins, Pedra Vermelha e Correinha. Porém no passado a área era mais abrangente, fato que se pode confirmar em registros de 1944 e de 1954 onde constam que os bairros Martins e Mello/Marcolino outrora pertenciam ao bairro Sobradinho, como mostra a área limitada pela linha vermelha na foto acima.

Moradores do bairro Sobradinho:

O morador mais antigo do bairro Sobradinho de que se tem conhecimento foi o Sr. Valentim Antunes de Siqueira, com nascimento estimado na década de 1840, mas que em 1907 já era falecido, inclusive sua esposa, a Sra. Maria Luzia da Conceição, conforme consta no Registro de Nascimento do neto, Sr. Getúlio Antunes de Siqueira.

Valentim Antunes foi muito participativo na comunidade, constando em vários dos mais antigos registros disponíveis no cartório de Piranguçu, onde atuou como juiz de paz, conciliando conflitos de terra e de dívidas, bem como assinando como testemunha em diversas transações, entre 1870 e 1900.

Dos filhos de Valentim, Joaquim se estabeleceu no bairro de Luminosa; Manoel no bairro do Centro; e João, Paulo, Francisco e Bernardo, por sua vez, ficaram no bairro do Sobradinho.

Importante ressaltar que, de acordo com os costumes em nossa região, os nomes dos filhos são referenciados incluindo o nome do pai, avô... Dessa forma, por exemplo, o Sr. Francisco era mais conhecido por Chico Valentim, ou seja, Francisco - filho do Valentim.

Outras famílias também moravam no bairro e eram agricultores, carreiros, tropeiros, trabalhadores do engenho de cachaça e rapadura, entre outros. Observa-se que a maioria dos atuais moradores do Sobradinho é descendente do ramo familiar dos Valentins, especialmente dos Senhores Francisco e Bernardo, pelo que o bairro Sobradinho também é conhecido como bairro dos Valentins.

Francisco Antunes de Siqueira (Chico Valentim) viveu no bairro no período de 1870 até seu falecimento em dezembro de 1941. Casou-se com Francisca Tereza da Conceição (filha de Pedro Gonçalves da Silva e Maria Joaquina da Conceição) e tiveram onze filhos: Domingos, Sebastião, José (Zeca), Pedro, Getúlio, Rufina, Mariana, Ana, Maria, Luzia e Mariquinha, esta última famosa pelos seus doces que eram distribuídos nas festas da cidade. Getúlio foi o último dos filhos a falecer, em junho de 2006, aos 99 anos.
Acompanhando o progresso, Chico Valentim implantou energia elétrica na sua sede na década de 20 e instalou a linha telefônica na década seguinte. Ainda adquiriu o primeiro caminhão da região, um Chevrolet Ramona 1929 (foto ao lado).

Aguardente Sassafraz:

Em 1870, Valentim Antunes de Siqueira fundou a indústria de aguardente Sassafraz que vem sendo passada de geração a geração ininterruptamente desde então, tendo recebido em 1994 a medalha "Américo Rennê Giannetti" pelos 124 anos de existência.

Após Valentim, os proprietários seguintes foram seu filho Francisco Antunes de Siqueira; os netos Sebastião Antunes de Siqueira, José Francisco de Siqueira (Zeca Valentim) e, desde 1974 pelos bisnetos, os irmãos Francisco de Assis Siqueira e Luiz Gonzaga de Siqueira.

A princípio, o engenho era de tração animal e depois passou a ser movido por roda d’água e a eletricidade a partir da década de 1920.

Embora a produção de Sassafraz permita apenas ser comercializada nas cidades de Piranguçu e Itajubá, ela é tradicional, centenária e muito conhecida pelos apreciadores de nossa região e de lugares distantes. Veja abaixo alguns links deste site sobre apreciadores da Aguardente Sassafraz:

- SASSAFRAZ gelada faz sucesso no verão carioca.
- SASSAFRAZ é apresentada na Confraria da Cachaça em Brasília.

Principais Economias do Bairro:

Entre o século XIX e a primeira metade do século XX, as principais culturas da região, além dos cereais, o fumo, a cana e o café, que também eram cultivados no bairro durante aquela época.

Após a colheita, as destalas do fumo (processo em que os talos do fumo eram retirados para então serem enrolados) eram feitas em mutirões regados por muito trabalho e boa prosa.

Havia também agricultores de mandioca, como o Sr. José Anede, que produzia polvilho com suas colheitas, além da criação de porcos, ovelhas e gado leiteiro para a produção de queijo. Com a cana fabricavam rapadura e aguardente e com a lã fiavam cobertores e agasalhos.

As tropas e carros de boi, além de servir no trabalho próprio, prestavam serviços contratados no transporte do café, fumo, lenha, mudanças, madeira e outros.

Na década de 1930, iniciou nas várzeas do bairro o plantio do arroz irrigado. Contudo, com a lamentável retífica do ribeirão Piranguçu, em 1978, tornou-se inviável este tipo de cultura devido ao afundamento do leito do Rio, dificultando o processo de represamento da água para a irrigação.

Hoje, as principais fontes de economia do bairro são o gado leiteiro e de corte, além da tradicional indústria de aguardente Sassafraz.



Pesquisa e Texto enviado pela Sra. Ana Benedicta de Siqueira

"Durante a pesquisa me surpreendi com a dinâmica de nossa comunidade e especialmente de meu bairro Sobradinho ainda no século XIX, que desde aquela época já se firmava como importante região de nosso município, pela agricultura, indústria, negócios e interação de seus habitantes.
Assim, espero ter contribuído pela manutenção e resgate da memória de nossa cidade, bem como na inspiração dos moradores dos demais bairros para que realizem este mesmo trabalho que nos faz valorizar a memória de nossos antepassados e melhor conhecer como se deu o desenvolvimento de Piranguçu."




Conteúdo : História

  18/10/2012 - História - Bairro Sobradinho
  05/09/2011 - História - Homenagem ao Sebastião Maria.
  24/06/2009 - História - Fatos e Fotos do Esporte Clube Piranguçu.
  01/06/2009 - História - A origem de Piranguçu escrita por um historiador.
  26/05/2008 - História - Uma romaria a pé a Aparecida do Norte, realizada em 1958.
  03/01/2008 - História - Movimentos Religiosos - A Liga Católica.
  02/01/2008 - História - Movimentos Religiosos - As Filhas de Maria
  28/12/2007 - História - Movimentos Religiosos - Os Congregados Marianos
  26/12/2007 - História - Movimentos Religiosos - A Cruzada Eucarística
  10/12/2007 - História - Resgate Histórico dos Movimentos Religiosos.
  17/09/2007 - História - Nosso Torneio Leiteiro fez Bodas de Prata
  22/07/2007 - História - Boiadas de Porcos e Perus fazem parte de nossa História.
  13/07/2007 - História - Nossa Banda Marcial - Músicos da Velha Guarda
  19/06/2007 - História - Bastidores da História - Em homenagem ao Delicado.
  12/06/2007 - História - A magia dos Cartuchos de Festa.
  16/05/2007 - História - Pastoral da Terceira Idade e a Tradição da Santa Cruz.
  13/05/2007 - História - RODOVIA BR 383, Trecho Itajubá – Campos do Jordão
  11/04/2007 - História - Pastoral da 3ª Idade e as tradições da Semana Santa
  24/03/2007 - História - A Saudosa LIRA DE SANTO ANTONIO.
  27/03/2006 - História - Poder Legislativo de Piranguçu

»Veja +