Pátrio Alferes
  Publicado em 20/4/2015 09:13, com 4 acessos.


PATRIO ALFERES



Que pátria não era
Mas lar de quimera
Com dura autoridade.
Colônia de bravos
Que mesmo escravos
Sonhavam liberdade.

Entre os bravos, porém
Um alferes detém
A marcha triunfal,
De poderes dominantes
De terras distantes
Reis de Portugal.

O alferes plantou
Com sua vida regou
A semente da liberdade,
Se somos independentes
Devemos a Tiradentes
A nossa brasilidade.


Poesia escrita pelo amigo e conterrâneo José Braz da Costa, residente em São Paulo.





Conteúdo : Versos e Prosas

  01/06/2017 - Geral - Festa Santo Antonio
  05/04/2017 - Geral - Semana Santa 2017 - Paróquia Piranguçu
  29/03/2017 - Geral - Visita da Imagem Peregrina
  22/02/2017 - Geral - Piranguçu - 54 anos
  22/02/2017 - Geral - Campanha da Fraternidade 2017
  09/06/2016 - Eventos - Festa do Divino Pai Eterno
  31/05/2016 - Eventos - Festa de Santo Antonio
  31/05/2016 - Eventos - Festa de São João.
  03/04/2016 - Eventos - 22ª Festa da Banana - Antunes
  16/03/2016 - Geral - Semana Santa 2016 - Paróquia Piranguçu
  14/02/2016 - Geral - Campanha da Fraternidade 2016
  14/08/2015 - Eventos - 32ª Exposição Agropecuária de Piranguçu
  07/07/2015 - Eventos - Arraiá da AAPP
  25/05/2015 - Geral - Novena e Festa de Santo Antonio
  20/04/2015 - Versos e Prosas - Pátrio Alferes
  08/04/2015 - Geral - 21ª Festa da Banana - Antunes
  30/03/2015 - Geral - Semana Santa 2015 - Piranguçu
  22/02/2015 - Geral - Piranguçu 52 Anos
  19/02/2015 - Geral - Campanha da Fraternidade 2015
  20/01/2015 - Agricultura e Pecuária - Reunião AAPP dia 29 janeiro.

»Veja +